Trabalhos

03/17:17636953_10212609323490669_7669938293837901242_oLANÇAMENTO: GUIA DE GESTÃO URBANA

O “Guia de Gestão Urbana”, publicado pelo Caos Planejado em parceria com a Editora BEI/ArqFuturo, analisa uma série de regulações aplicadas no território urbano brasileiro, mostrando que muitas das premissas que as originaram não foram atendidas e trouxeram consequências negativas para o espaço urbano. O guia também teve colaboração especial de Marcos Paulo Schlickmann, especialista em mobilidade urbana do Caos Planejado.

No lançamento, Ling debaterá gestão urbana com Victor Carvalho Pinto (fundador do Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico), Rodrigo Agostinho (ex-prefeito de Bauru e gerente executivo do programa de cidades e territórios do Instituto Arapyaú) e o jornalista Raul Juste Lores.

O evento será aberto e gratuito, com inscrições através do link disponível na página do evento.

…..

02/17:

Reportagens VICE Brasil:

O pedágio urbano pode melhorar o trânsito de São Paulo?

Trabalhe de casa, o trânsito agradece

…..

11/16:

Já está à venda o livro “Transporte & Liberalismo“. Aqui fica o 1º parágrafo do capítulo que escrevi: “Transporte coletivo e iniciativa privada: Soluções de mercado para a mobilidade urbana”:

capaEste capítulo irá tratar do papel da iniciativa privada no transporte coletivo urbano público ou privado. Primeiramente é apresentada a realidade atual da maioria dos municípios brasileiros que privilegiam a competição pelo mercado, através de concessões públicas, em detrimento da competição no mercado. Apesar das externalidades negativas causadas por esta última, como disposto no subcapítulo sobre o transporte alternativo, ela deve ser incentivada e regulada de forma inteligente e sem excessos, podendo seguir uma das quatro formas possíveis de regulação apresentadas, com especial destaque para a regulação Curb Rights. Antes de concluir, este trabalho ainda apresenta um novo meio de transporte inovador e disruptivo trazido pela economia compartilhada, o microtransporte. O capítulo se encerra afirmando, mais uma vez, que o poder público deve escutar e receber de braços abertos a iniciativa privada, oferecendo somente o enquadramento regulatório necessário para que estes sistemas de transporte coletivo privado prosperem, diminuindo assim os níveis de engarrafamento, poluição e acidentes, além de tornar nossas cidades mais convidativas e sustentáveis.

…..

09/16:

Participação na iniciativa #MarchaZero do Instituto PARAR

…..

06/16:

Microtransit: inovação na mobilidade urbana

…..

05/16:

Relatório Projeto Barr Foundation e MIT Media Lab: “Interactive Community Engagement Tools For Public Transport Planning

barr

…..

01/16:

16º Café Online: Soluções de mobilidade em tempos de conpartilhamento: VídeoRevista